A crescente interação entre o ser humano e o mundo digital tornou-se um dos pontos cruciais para o desenvolvimento e avanço da tecnologia. A tecnologia tem o grande potencial de moldar o futuro e proporcionar uma revolução rápida, significativa e global. Novas ferramentas, recursos e ideias são elaboradas e implementadas todos os dias. Estas tecnologias têm mudado completamente a forma como as empresas moldam e encaram os seus negócios, como apontado pela Revista Época (https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2019/07/10-tendencias-tecnologicas-de-2019.html).

Além de proporcionar mudanças, essas tecnologias são capazes de gerar oportunidades significativas para todo o mercado. 

A seguir, apresentamos uma lista completa de 5 tendências tecnológicas que ganharam espaço em 2019 e prometem alavancar o mercado nos próximos 5 anos.

Conheça os planos de celular do futuro, conheça o maistim.com.br!

Bioplástico

Completamente distinto do plástico comum, proveniente do petróleo, responsável por severos danos ambientais e pela produção de gases liberados na atmosfera, o bioplástico ou, como também é chamado, plástico biodegradável é composto por resinas biodegradáveis oriundas de fontes renováveis de biomassa, tais como gorduras e óleos.

Por ser produzido através de fontes renováveis e, por isso não possuir petróleo em sua composição, o bioplástico não causa intenso impacto ambiental. Além disso, a sua decomposição é mais rápida, traz benefícios a seus decompositores e aos próprios seres humanos.

Telepresença

A telepresença existe graças ao acelerado avanço da tecnologia, principalmente após a popularização da Internet. Apesar disso, só foi a partir de 1995 que a comunicação ganhou ainda mais liberdade e interatividade. 

Com a utilização de câmeras e microfones de alta resolução, combinados com a computação que aposta no armazenamento em nuvem, os profissionais espalhados nos mais diversos locais podem se reunir em tempo real sem a necessidade de qualquer deslocamento. 

Este tipo de tecnologia garante que os negócios possam ser feitos de qualquer lugar, aumentando, significativamente, a produtividade das empresas.

Robô amigo

Musio: O robô que promete ser amigo das pessoas

Os robôs da atualidade já são capazes de fazer o reconhecimento facial, de voz e, até mesmo de emoções. Além disso, de forma bem mais avançada, são capazes de interpretar padrões ou até mesmo fazer contato visual.

Dessa maneira, a tendência é que esses assistentes tecnológicos se tornem verdadeiros parceiros da vida cotidiana das pessoas e, mais, que sejam cada vez mais usados para cuidar dos idosos, por exemplo, além de realizar diferentes tarefas cotidianas.

Fertilizantes ecologicamente corretos

Atualmente, os fertilizantes que causam menor impacto têm a capacidade de liberar nutrientes no solo que possuem amônia, potássio e uréia, todos extremamente prejudiciais ao meio ambiente. 

Apesar disso, a tendência para futuro é o desenvolvimento de fertilizantes que causem menos impacto, tendo como fonte microorganismos que melhoram a absorção do nutriente pelas plantas.

Armazenamento de energia renovável

As quedas na qualidade da energia elétrica estão se tornando algo inerente à realidade das pessoas. A eletricidade de alta qualidade que mantém a tensão e a freqüência em um determinado nível é, particularmente, essencial para várias instalações ou equipamentos. A demanda por sistemas de armazenamento de energia para dar conta desse desafio está em crescimento.

A dificuldade em armazenar a energia gerada por fontes renováveis para quando não se pode contar com sol ou vento, deve ser amenizada pelas baterias de íons de lítio. 

Preparadas para ganhar campo, essa tecnologia de armazenamento permite guardar até oito horas de energia, tempo necessário para que a energia gerada pelo sol durante o dia seja consumida à noite.

 Metalenses

Na busca por tornar as lentes usadas em eletrônicos cada vez menores, a grande aposta está na produção e desenvolvimento das chamadas metalenses. Estas lentes são criadas a partir de uma tecnologia que não utiliza o vidro ou, até mesmo, a precisão geométrica para a angulação.

Em vez disso, as lentes tecnológicas usam pequenas estruturas de quartzo para dar direcionamento à luz ao sensor fotográfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *